25 abril 2006

Maluco!!! _ eita Matmática

Na aula do Simon, tivemos o luxo, de - só por brincadeira - encontrar um algoritmo para encontrar o cosseno da terça parte de um angulo qualquer. Veja:

cos (x/3) - como descobrir seu algoritmo? ou seja, como qualquer sem que seja com uma calculadora, ou caso não seja aqueles angulos comuns (30, 45, 60..)?

Começamos pela intuição:

cos(x/3 + x/3 + x/3) = cos(3.x/3) = cosx (pois 3/3=1)

então, isolamos os angulos, formando uma daqueas funções:
cos(a + b) = cosa.cosb - sena.senb

e, pulando algumas passagens chegamos em:

cosx = 4(cosx/3.cosx/3.cosx/3) - 3cosx/3

E dai formamos uma equação:

c = 4x(cubo) - 3x

--> 4x(cubo) - 3x - c = 0

E agora, para achar o angulo, é apenas colocá-lo no lugar de "c".

Porém, não conseguimos desenvolver mais a equação, nem o professor. E ele disse: "Olha, é muito dificil, complicado, mas dá para achar. Vai dar trabalho, mas dá para achar."

Se um professor com doutorado diz que a coisa é muito dificil, imagine então para quem ainda está em Calculo 1?

E, alguns amigos, mais avançados., disseram que o professor de Calculo 3. Um que inventou algumas propriedades de integração, certa vez disse na aula:

"Integrar 3 variantes é muito dificil mesmo, duro de se conseguir. E a maioria das pessoas não conseguem entender integral. E muitos matemáticos ainda hoje não conseguem entender perfeitamente isso."


Se nem, muitos professores não conseguem entender isso. O que há de dizer para aqueles que ainda nem tem um diploma de graduação?

Não é a toa mesmo, que aqui no IME, é a faculdade da USP onde possui o maior indice de desistência, do curso mais dificil que existe: "matemática". Estranho, pois se for ver pelas notas de cortes em vestibulares, tende a ser o contrário.

Por isso pessoal, se tem alguem aqui em outra faculdade que fica em cima da padaria da esquina (como dizia o grande Correa), tente uma transferência pro IME; falta de vaga. hahaha - isso não se ouve por aqui.

4 comentários:

Ana Lígia disse...

Meu, que lindo! A mesma paixão que vc está tendo pela matemática eu estou tendo pelo jornalismo. Mas esse amor todo (sim, amor) eu senti, principalmente, nas aulas de Redação Jornalística do 1º ano. Cara, o que era aquilo!? Eu voltava da escola CHEIA de idéias, perguntas, ilusões; verdadeira paixão!
Ahhh eu escrevi um artigo sobre alguns (dos muitos)pontos negativos da educação brasileira, gostaria demais que vc lesse!e comentasse. Posso mandar no teu e-mail?
Abraço!!

Evandro disse...

claro que pode.

Falando nisso, em breve vou postar aqui no blog, a redação que fiz para o trabalho de Calculo. Que é para comparar algumas coisas do ensino unviersitário com o médio.

Meu, quando teve o debate. NOssa!!! foi muita briga na sala. A maioria quer distruir o sistema educacional brasileiro, que aliás, é PÉSSIMO!

Ana Lígia disse...

Então vamo destruir e botar outro decente no lugar. Mas cara..eu fico chateada pq nós ñ fazemos muita coisa. Os jovens de outras épocas lutavam pela liberdade, e hoje? Só fiquei sabendo duns Coletivos Anarquistas que tão criando, + a mídia ñ divulga. Se fazem alguma coisa eu ñ sei, sei que a maioria cala a boca e consente :(

Evandro disse...

É que o governo amança facilmente um povo.

o povo fica nervoso, que ai eles locam umas novelas, uns seriados do tipo "JK". Um futebol, Copa do Mundo.

...
Certa vez ouvi no cursinho umas boas palavras do professor: "o povo brasileiro colhe o que planta."


...
E de acord. com o prof. de HIstória, o unico modo de mudar mesmo o pais. É o governo ficar sem apoio popular. Ou seja, nas eleiçÕes, houverem mais de 50% de votos em branco. Então o Estado não pode exercer nem o exec. nem o legis. nem o jurid. porque não existe apoio publico.

Então, dessa forma, o povo pode controlar o governo facilmente. Pois sem apoio ninguem governa. Lembra da independência da india?

Mas o povo está disposto a isso?

Mudar a mentalidade do povo brasileiro é o primeiro grande desafio. E como os educadores (inclusive professores) tem papel fundamental nesse processo.

Veja o exemplo da França. Viu o que ocorreu lá a pouco tempo? Greve geral por causa de uma lei que seria assinada.
Mas lá, a taxa de analfaetismo é baixissima. Tem o melhor sistema de educação do mundo (e é publico).

Fora que lá a média, é de cada pessoa ler 5 livros por ano.

E no Brasil? Da maioria dos meus amigos, talvez sejam singulares os que conheço que já leram um livro mesmo. Nao por obrigação. E do começo ao fim.


O governo governa o povo, mantendo-o na escuridão. Nas trevas da ignorância.
Da mesma forma foi a Igreja Catolica na Idade Média. Deixando o povo na escuridao.

Lamentável. Não?

Como mudar isso? Solucionar o problema de vez, de um dia pro outro. Acredito que não seja possivel. Porem, fazendo a minha parte, e muitos outros a suas. Sei que melhorará, e plantando novas sementes (alunos) no futuro teremos boas colheitas. E assim, aos poucos o mundo melhora.

Porém, eu me atento para aquele capitulo do livro O Grande COnflito, "Conflito Iminente"(algo assim). Já o leu?

Veja e compare-o.