16 abril 2007

A Ponte Invisivel - Abram os olhos gente

.....1989. Os eventos da liberdade varram a Europa e os regimes totalitários deintegram-se como castelo de areia atingido pelas ondas.
.....Um dos governos mais totalitários na Europa Oriental era o regime ditatorial da Alemanha Oriental. Ele era muito severo no tratamento com os dissidentes.
.....Em 1985,um grupo de cristãos de uma igreja de Leipzing, Alemanha, iniciou um movimento de oração. A princpio, esse movimento era muitíssimo pequeno. CInco a dez pessoas se reuniam toda segunda-feira à noite. Os meses foram se passando e mais pessoas se uniram ao grupo de oração. No outono de 1989, dezenas de milhares se reuniram para orar em toda a Alemanha.
.....Um grupo de pessoas em Berlim Oriental foi encorajado pelo movimento de oração de Leipzing. Essas pessoas também começaram a orar. Dentro de pouco tempo havia milhares de pessoas orando em Berlim Oriental. Esse movimento de oração fizeram a diferença na noirte em que os muros de Berlim caríram. Os guardas decidiram não atirar nos dissidentes, como vinham fazendo durante muitos anos.
.....Pareciam paralisados e permaneciam em completo silêncio enquanto as pessoas se apressavam através dos portões que davam para a Alemanha Ocidental. Então os guardas celebraram com os demais ao martelarem os muros.
.....Mais tarde, comentando sobre a experiência, a New Republic Magazine, revista secular (não religiosa) humanística escrita por jovens profissionais urbanos, divulgou, algo assim: "Um antigo adágio diz que a oração muda as coisas. Não podemos nos responsabilizar pela veracidade da oração, mas sabemos que pessoas orando mudaram o rumo da Europa moderna."

Fonte: FINLEY, Mark; A Oração Faz Diferença

A Oração Intercessória Está Fazendo A Diferença Na Comunidade Médica


São mais de 200 estudos publicados sobre religião e cura, e não são poucos os que se concentram em relacionar a oração intercessória e a cura.
O Dr. Randolph Byrd, um renomeado cardiologista de San Francisco, fez o seguinte estudo: Selecionou um grupo de 393 pacientes, ao acaso que haviam sido submetidos, há pouco tempo, a uma cirurgia cardíaca de ponte de safena.
Dividiu-os em dois grupos: um grupo pelo qual se orava e o qual não se orava. O Dr. Byrd, sem informar os pacientes do estudo e das orações (para que isso não pudesse influenciá-los), entregou os nomes a um grupo de dedicados cristãos. E os resultados foram notáveis. A diferença entre os grupos foi surpreendente!

O grupo pelo qual se orava restabeleceu-se mais rápido, precisou menos medicamentos, menos complicações houveram. Já o grupo pelo qual não se orou precisou de mais consultas médicas, medicametnos; teve mais complicações e infecções. Quando uma das princiapais revistas dos EUA escreveu sobre essa história, cometou que os resultados foram extraordinários.

Fonte: BYRD, R.C. - 1988. "Efeitos Terapêuticos Positivos da Oração Intercessória em Pacientes de Unidade Coronariana - Southern Medical Journal, 81:826


Instituto do Coração de Kansas City, Missouri
Neste estudo os pacientes foram escolhidos aletoriamente e designados a grupos de controle ou oração. Os pacientes não foram informados sobre o estudo, e os médicos não sabiam quais pacientes haviam designados a este ou àquele grupo.
Os intercessores eram representantes de várias denominações cristãs. Neste estudo, diferente do de Byrd, os intercessores não foram informados quanto aos detalhes da situação médica dos pacientes - apenas seu primeiro nome.
Os efeitos gerais do estudo foram estatisticamente significativos, revelando melhora na saúde e restabelecimento mais rápido. Os pesquisadores concluíram que o resultado positivo só ocorria por acaso uma vez em cada 25 vezes em que a experiência fosse repetida.
Obviamente, a oração fez a diferença.

Fonte: HARRIS, W. S.; GONDA, M.; KOLB, J. N.; E McCALLESTER, B.D. - 1999. "Teste Randônico Controlado dos Efeitos da Oração Intercessória Remota Sobre Pacientes Admitidos em Unidade Coronariana."


Hospital Público Detém os Efeitos de Septicemia em Pacientes
Um estudo publicado pelo Dr. L. Leibovici em 2001, envolveu 3.393 pacientes diagnosticados com septicemia e tratados no hospital entre 1991 e 1996.
Os nomes dos pacientes foram dados a um grupo de intercessores, os quais oravam diariamente pelo grupo infectado. Segundo o autor do estudo, "a oração intercessória, remota, retroativa, feita em favor de um grupo, se acha associada a uma estada mais curta no hospital, e menor duração de febre em pacientes com septicemia, e deveria ser utilizada na prática médica."

Nota: Não é a toa, que na última década, aumentou espantosamente o número de faculdades de Medicina nos EUA, que passou a colocar a "oração" como parte do curricolo do curso.


Estudo Sobre a Oração Intercessória no Centro de Cardiologia da Universidade Duke
Um dos mais impressionantes estudos foi conduzido pelos pesquisadores no Centro Médico da Universidade Duke. Quando pacientes com intensas dores torácicas foram admitidos para tratamento de emergência, foi-lhes oferecida a opção de participar nesse estudo.
Dos que aceitaram, metade foi aletoriamente designada a um grupo de oração, enquanto a outra metade nã oseria alvo de oração. Nem os pacientes nem os médicos sabiam por quem se estaria orando.
Ambos os grupos receberam idêntico tratamento médico. Os nomes dos pacientes pelos quais se deveria orar foram enviados a reuniões de oração ao redor do mundo.
Aqueles pelos quais se intercedeu em oração tiveram a metade, e em alguns casos, total ausência de efeitos colaterais ou complicações causados por tratamentos médicos agressivos, como cateterismo ou angioplastia.
A conclusão é que a oração produz efeitos positivos no restabelecimento de uma doença grave.

Nota: Não é "hipótese", é uma conclusão, "a oração PRODUZ..."


ESTUDE, VEJA, COMPROVE

Confeço que feico, às vezes, a ponto de explodir com algumas pessoas que se dizem ateus, céticos, agnósticos... quando por fim nem mesmo sabem "o que é isso", dizendo que tais são APOIADOS pela ciência, e não a religião. Só que um verdadeiro cientista sério jamais diria algo assim em plena sobridez. Já estes que dizem normalmente são aqueles que menos se deve dar crédito, que menos estudam, que bebem, ficam vendo novelas, TV... não cuidam da saúde, e aí leem a opinião de alguem na Internet ou num livro que satisfaz suas expectativas, então se adeptam a essa idéia e começam a difamar, tudo que tende a contrarir sua religião de que não existe Deus e que não há Lei MOral, e assim não há do que se arrepender se seus atos vis, egoistas e vaidosos.

Os céticos que se acham os "certos", talvez, sejam os mais loucos por se imaginar estar no "meio termo", quando na verdade tal não existe! COmo diz a Biblia, "Até quando coachiareis entre dois senhores? Se é Deus Seu Senhor, segui-o. Se é Baal, segui-o". Pois dizem que atualmente Deus "não foi encontrado pela ciência, mas que pode ou não um dia ser." (o que difere com a opinião de muitos outros cientistas como Newton e Albert Eistein.). Mas supoha que Deus fosse encotrado no futuro, isso seria confirmar que até então não havia razão para nEle crer, antes de isso ser algo racional. Certo? Bem, isso seria uma grande CONTRADIÇÃO, não só com os feitos que Deus fez, mas com o Seu caráter, ao suposto fato de que Ele nos ocultaria, ou não nos daria provas suficientes para crer nEle e cobrar uma fé cega. E por fim, se te um Deus não 100% perfeito, ou seja, não existe Deus! O que é um absurdo, pois a hipótese é que Deus havia sido encontrado pela ciência.

Hoje, como sempre, há RAZÕES suficientes para as pessoas acreditar e crer em Deus!

Recordo-me da cena do filme Indiana Jones, emque o protagonista tem que atravessar um feixe largo entre duas montanhas, e que cair seria morte certa. E para isso deveria caminhar por uma ponte aparentemente invisivel, mas a qual ele tem percepção para dar os passos quando lê passagens biblicas. E assim, anda pela ponte invisivel e atravessa a montanha.

Acontece que hoje, a ponte praticamente está CONGESTIONADA de tantos que andam sobre ela. E esses "criticos" não olham para isso - que há muitas pessoas andando sobre a ponte, e que tais a vêem claramente pelos olhos da fé. E, aliás, mesmo não tendo fé, apenas observando o referencial, se percebe claramente a ponte! - Mas insistem em declarar que ela não existe! E que tais não podem acreditar nela!

Olhem para as pessoas que verdadeiramente testemunham, que tem grandes feitos e transformações em suas vidas, quando deram o "primeira passo". O Livro da Natureza tem por autor o Criador. "Os céus anunciam a glória de Deus." - Prova? Quais delas, pergunto eu. Pessoas que permanecem inabaláveis nas piores condições possíveis, com paciência, fé... desafiando até mesmo qualquer neurologista e "torturador".

Essas que foram comprovados nas ciências médicas quanto a oração, não lhe diz nada? As diversas encontradas pela Arqueologia. Pessoas que conheço que era cega e hoje vê, situações "sem mais nada que um humano possa fazer" e que foram resolvidas, minha incurável rinite alérgica hereditária que tive até os 16 anos quando conheci Jesus e Ele me curou! E tantos outros...

Procure, estude, e você encontrará muitos, incontáveis pessoas andando sobre a ponte. Voltem seus olhos para as Escrituras, para Deus, e verá a ponte, se ainda não a viu. Mas não seja HIPÓCRITA, muito menos negligente em afirmar que ela não existe, ou que não tem razão para acreditar, enquanto você não olha para ela, e para as pessoas que andam sobre ela.

Pois alguns ficam com a atitude criança de fechar os olhos e colocar as mãos sobre o rosto e ficar dizendo "Não!, não vou olhar!" E por mais que os outros insistem, tal continua negando a ponte, e que pessoas andam sobre ela, e com as mãos sobre os olhos. E se não são pessoas que estão andando, são o que? E mais, ficam "acusando" aqueles que dizem que há a ponte, e que pessoas andam sobre ela.

Gostaria de lembrar-me do nome daquele psicólogo ateu que disse que "iria comprovar" que a Bíblia é uma invenção humana; e como entendido da área da psicologia, foi estudar "o caráter de Jesus", para provar que foi produzido por uma mente humana. E então, ele teve que estudar a Palavra de Deus (engraçado que normalmente são ateus "antes" de estudar a Biblia). - Muitas vezes, creio que usam "ateu", "cético", mais como desculpa para não ler a Biblia do que qualquer outra coisa. E por fim , o especialista, eufórico e espantado concluiu: "É impossível emocionalmente que uma mente humana tenha criado Jesus." Acho que ele escreveu um livro sobre isso, ganhou uma graninha, e hoje é um cristão.

Experimente você mesmo! Estudai a fundo a Biblia, experimente entregar a sua vida a Jesus, dê o primeiro passo na ponte. E garanto que quando você estiver no meio da ponte, a um raio de 100m do chão, e sem parapeito, e começar a pular e pisar com força no chão, ou até mesmo deitar um pouco ou fazer umas abdomoniais ali, não terá mais dúvida alguma quanto a existência da ponte.

E lembre, ela não está dentro de uma Igreja, religião, pastor, papa... ela está ao seu lado. "Como que se pode fugir da presença do Onipotente?" A verdade você encontra nas Escrituras. Ali você conhecerá a engenharia e o percurso da ponte. Mas para ser sincero, qualquer um, se olhar bem, perceberá que a ponte está com grande transito de pessoas, e mesmo provas cientificas apontando solidamente para sua existência.

2 comentários:

Gisele Monteiro disse...

Evandro,

Acabei de ler a meditação da jornada de 41 madrugadas e vim pesquisar sobre oração intercessória. Muito legal a sua iniciativa de compartilhar essa benção que é a fé. E, se a fé vem pelo ouvir (Romanos 10:17) ou pelo ler - bem-aventurados aqueles que leem, que ouvem e guardam as palavras desta profecia - (Apocalipse 1:3) nada mais louvável do que dividir a fé através destas palavras que rompem todas as barreiras físicas e podem chegar, com certeza, até os mais recônditos lugares da Terra. Que Deus abençoe este teu ministério. Um abraço!

Gisele Monteiro disse...

Evandro,

Acabei de ler a meditação da jornada de 41 madrugadas e vim pesquisar sobre oração intercessória. Muito legal a sua iniciativa de compartilhar essa benção que é a fé. E, se a fé vem pelo ouvir (Romanos 10:17) ou pelo ler - bem-aventurados aqueles que leem, que ouvem e guardam as palavras desta profecia - (Apocalipse 1:3) nada mais louvável do que dividir a fé através destas palavras que rompem todas as barreiras físicas e podem chegar, com certeza, até os mais recônditos lugares da Terra. Que Deus abençoe este teu ministério. Um abraço!