08 janeiro 2008

Estudo - Música, Louvor e Adoração

Em 2007 me atentei muito para o assunto da música, louvor e adoração; principalmente, visto que boa parte das pessoas gostam de falar, dar os "seus palpites" e "achismos"; e sempre faltando bom senso e objetividade. Nisso, lá para julho comecei a estudar o assunto em busca de desenvolver um estudo mais aprofundado sobre a questão.

Após 6 meses, terminei o estudo, feito no Word. (se necessitar em outro formato, como em pdf, é só me avisar). Veja uma sintexe do estudo:


- Considerações Gerais
- A Origem da Música
-
Concepção de Música
-
Discernimento
-
Âmbitos de Análise
1.
Objetiva ou Subjetiva
2.
A Harmonia
3.
A Repertoria
4.
Ação que exerce nos ouvintes
- Melodia
- Música é algo subjetivo, impossível de análise objetiva?
-
A Questão da Bateria
-
Os Equívocos de Davi
-
O Antigo e Novo Concerto
-
Lutar Contra a Monocultura
- Louvando com Amor ao Próximo
- Tipo de Som
-
Últimas Considerações
- Leituras Imprescindíveis

Atualizado: 4 de abril de 2011

Páginas: 22 (Microsoft Word)
Nome do estudo: "A Música na Vida do Cristão - O Louvor Discernido Espiritualmente"
Autor: Evandro Costa de Oliveira






Anexos
Esse estudo também faz uma ligação necessário com algumas leituras imprescindíveis que complementam todo o raciocínio e aprofunda a questão. Para um completo estudo sobre o assunto, também é necessário a leitura de seus anexos, os quais são:
- Filosofia Adventista do Sétimo Dia com Relação a Música [download - 18,4 kb]
- Conselhos Sobre Música, Ellen G. White [download - 521 kb]

[Links quebrados]



Versão Full - Todos os anexos inclusos
Se desejar baixar todos os arquivos inclusos, inclusive artigos publicados em sites e blogs, opte por esse download.



[Link quebrado]



Aproveitem o estudo. E se possível for, repasse para os líderes de sua igreja, principalmente os que possuem atividades quanto a questão da música, louvor e adoração. E certamente, será de muito proveito e edificação para a igreja.

2 comentários:

Anônimo disse...

Olá.
A iniciativa de escrever um texto sobre música na sua religião é muito boa e produtiva. No entanto, é obrigatório para quem se propõe a tal que realize um estudo mais APROFUNDADO do que é a música. Li apenas as partes iniciais e vi que você considera a origem da música como incerta e atribui a origem dela como "já sendo tocada no céu". Consulte os livros de história e verá que as primeiras manifestações musicais de uma forma estudada e consciente se dá entre os gregos e os estudos de pitágoras.

Evandro Costa de Oliveira disse...

Está equivocada, a música é uma das manifestações culturais mais antigas.

Um dos instrumentos mais encontrados pelos arqueólogos em todos o mundo - datando de várias dadas de até mesmo A.C. - são tambores.

Há antigos povos, que até hoje possuem a mesma tradição de usar a música para algumas coisas como "mapear o território". A forma como eles contam distância, traçam um caminho, trilhas... é através de canções.

Veja o documentário "A História do Número Um".

Quanto aos gregos e pitágoras. Ele foi - no mundo mais ocidental - quem desenvolveu algumas escalas e a idéia da música com uma identidade mais matemática; assim pode desenvolver mais as harmonias.

Contudo, muitos povos antecessores já eram músicos. Como na Babilônia. Os Persas. Os Chineses. Os hebreus...

Porém, não há muita informações sobre tais. Não há partituras nem mp3 de suas músicas para saber como eram; e compará-las com as dos gregos.


....

Quanto falo que a origem da música é incerta. É incerta no período de tempo da "eternidade celestial", antes mesmo de Deus criar o mundo, os seres humanos.