18 maio 2006

O método do carbono 14

Lá estava eu fazendo um trabalho de cálculo, quase que finalizado, quando o Antonio me trouxe um material interessante sobre aplicações práticas de função logaritmica e exponencial. A fonte era um projeto da UFRJ.

Resumidamente, trata-se do método do carbono 14. O qual foi descoberto ( inventado) em 1949. Foram encontradas algumas coisas "aparentemente" constantes
. Da seguinte forma:

A atmosfera terrestre é continuamente bombardeada por raios cósmicos. Estes raios cósmicos produzem neutrons que combinados com Nitrogênio produzem c14 (carbono 14 - aceite o 14 como expoente). O c14 é incorporado por Dióxido de Carbono e se encontra na atmosfera para ser absorvido pelas plantas. A quantidade de átomos de c14 presente nos tecidos de animais provém da ingestão de vegetais. (ou seja, ignoraram o fato também da inalação de carbono e o contato fisico com o meio. O que pesquisas mais atuais revelam ser verdadeiras. - já um primeiro BURACO (falha) nessa "suposição") Em qualquer tecido vivo, a quantidade de ingestão de c14 é igual à quantidade de c14 desintegrado (o c14 é uma molécula instável, que se desintegra espontaneamente numa taxa proporcional ao número de moléculas de c14 presentes na atmosfera). Quando um organismo morre, cessa de ingerir c14 portanto, sua concentração nos tecidos diminui, devido à desintegração.

Em outras palavras, é considerado algo até que absurdo. Diz-se que tecidos orgânicos, apenas adquirem carbono ao se ALIMENTAR. E quando morre, então para de se alimentar, e assim o seu carbono 14 apenas irá diminuir com o passar do tempo. Ignora-se totalmente outros fatores, os externos. Por exemplo, o contato, a inalação, ações de bactérias e germes que com o passar do tempo, querendo ou não, alteram o resultado. Quanto mais, imagine então, se tal "organismo" foi queimado. Pois pode ter sido queimado, ou ações de produtos vulcânicos entre uma série de outros fatoes, como o próprio Ph (acidez) do meio pode ter alterado essa "constante estipulada".

Em Física, é uma SUPOSIÇÃO fundamental que a taxa de bombardeamente da atmosfera terrestre por raios cósmicos tem sido sempre constante. Consequentemente, se a taxa de desintegração de c14 numa amostra de madeira viva, por exemplo, fosse medida há 10mil anos atrás, o resultado teria que ser igual à taxa de desintegração, em uma amostra equivalente, medida hoje. Essa SUPOSIÇÃO nos permite determinar a idade de uma amostra de carvão natural.

Seja N(t) a quantidade de C14 presente numa amostra no instante t.
E No a quantidade de c14 presente no instante t=0, quando a amostra foi formada, isto é, imediatamente antes de ser queimada. Se k é a constante
de desintegração radiativa de c14, então, temos que:




A taxa atual R(t) de desintegração
de c14, que é proporcionalmente à quantidade de c14 presente na amostra, é dada por R(t) = kN(t) e a taxa original é R(0) = k.No.

Assim,
de modo que


E a constante k pode ser determinada conhecendo-se a "meia-vida" do c14, isto é, o tempo que uma amostra leva para ficar reduziada à metade de sua quantidade inicial.


.................

Então agora você sabe como é que os "cientistas" fazem aquelas datações de tantos milhões e bilhões de anos. Apresentei a cima, de forma resumida, qual foi o caminho que levou a esse método que é nada mais do que uma SUPOSIÇÃO, e a fórmula geral que se usa. Bem, para quem não sabe, "ln" quer dizer: Logarítmo Natural. O qual ainda não é aquele LOG tão conhecido pela maioria, tem umas diferenças. O mais inacreditavel é saber que uma suposição, algo que não se tem certeza, que não é certo, que pode variar, que pode não ser assim, pode não ser bem assim etc. Entre outras palavras, "UM MAR DE DÚVIDAS" é aceito, por alguns, como :a mais pura verdade, um teorema provado, sem deixar buracos. E com base nisso, é que "manutenciam" aquela coisa chamada de evolucionismo. (não a chamo de ciência por alguns motivos - acreito ser uma falsa ciência) . Sendo que a própria Matemática diz: "é uma SUPOSIÇÃO, em cima de algumas coisas que aparentam ser constantes." E a CIÊNCIA (assim vamos dizer) ela próprio diz que é uma "SUPOSIÇÃO FUNDAMENTAL" para a Física. Fundamental uma óva! É fundamental, apenas, para que não tire o diploma de doutorado, PhD... de muitos formados por ai; e também para que não se destrua um universo de superstição (falsa ciencia) que foi feita em cima dessa suposição por muitos "cientistas"; na qual envolve MUITO DINHEIRO e INTERESSES, pesquisas. E, sobretudo, desafrontaria a "coisa" do evolucionismo, pois o coloraia talvez em "xeque-mate". Um professor aqui do IME me disse que todas as teses feitas pelas pessoas são enviadas para um conselho (que esqueci o nome) que é analisada, onde a "cabeça da coisa" fica no EUA; e é eles que dão a palavra se a tese é aceita ou não. Em outras palavras, não se avalia se ela é "verdadeira" ou "falsa", mas se contraria a muitas coisas que são vamos dizer "uma RELIQUIA da ciência(mat, fis, quim, bio...)" ou que contradiz com os muitos "santos (Eisteins, Newton...)" da mesma. E que é algo rarissimo uma tese que se contradiz a tais ser aceita, e assim eles "mudarem" o sistema. E diz que isso é um dos fatores que fez parecer que "não existem mais genios" nos dias de hoje, pois suas genialidades são descartadas pela ciência.

É cada uma! E existem pessoas que dão o sangue - senão a vida - em defesa dessa "suposição" chamada de (evolucionismo).. e que para alguns professos cristãos que dizem adoar o Criador, inventam a tal (evolucionismoteista - algo assim). Como podem dizer que estão firmados em algo que mais parece as ondas do mar, melhor, numa suposição cheia de buracos?

2 comentários:

Ana Lígia disse...

Evandro,essa coisa de "verdade" (e,mais ainda, "verdade absoluta") se existe, é muito discutível.
E se vc acha absurdo botar fé na teoria evolucionista, imagine o que ELES pensam da gente que crê que o mundo foi criado em 7 dias por um "cara" c/ quem falamos mas ñ ouvimos, ñ vemos e ñ tocamos (e, por vezes, nem sequer entendemos).
Abraço.

Evandro disse...

veja a reflexao sobre o q houve aki em SP...

acho q de noite eu já termino e pósto.


Só q tem uma coisa. Vc não pode desprezar a capacidade da mente humana, e da obra do Espirito Santo que é de convencer o homem do pecado e mostrar a verdade
"este é o caminho, andai por ele."

A todos Ele diz isto!
Porem, as Escrituras diz:
"endureceram seus corações."

entre outras coisas... veja, mais para o final da reflexao q colocarei, se esclarecerá mais a questao da "verdade" e "sabedoria". Tanto para a visao do mundo como para a de Deus.