25 julho 2007

E-mail sobre o debate Ciencia e Bilbia

To: evandro_eco@hotmail.com
Subject: Criacionismo
Date: Wed, 18 Jul 2007 15:25:42 -0300

Olá, Evandro, Li suas colocações na comunidade "Ciência e Bíblia"; achei deveras interessante. Mas eu não perderia meu tempo com pessoas, no mínimo sem educação, sem respeito para tratar desse assunto. Já tentei fazer isso, mas o resultado é o mesmo: agressões! Sabe como é, quando se chega no limite da argumentação, o próximo passo para quem não quer aceitar a derrota é agredir. Agora, só trato disso com quem realmente quer aprender mais, e até mesmo com meus alunos; mesmo que eles não creiam. Se Deus respeita o livre-arbítrio do ser humano, quem sou eu para não respeitar? A história é sempre a mesma: cientistas = evolucionistas e crentes ignorantes = criacionistas. Isso mostra, além de preconconceito descabido, completo desconhecimento de causa. Aliás, eu percebi um grande desconhecimento! Dizer, como fez Márcia, que a história é imparcial, é o fim da picada! Nem acreditei quando li um negócio daqueles!!! Prova não conhecer história, e, pior ainda, a ciência, pois tenho certeza que uma pessoa que afirma uma barbaridade dessas, deve dizer o mesmo da ciência! Aí não dá nem pra começar discussão alguma! Mas, boa sorte! Vc é jovem, e tem ideais de tentar mudar as coisas. Já passei dessa euforia, dessa fase utópica. Não creio mais em mudanças (nessa área, fique bem claro), principalmente quando a questão do poder está por trás dos bastidores.

A propósito: se sou crente ignorante, fico muito grata. Não merecia tanto! Ser tão ignorante quanto Newton, Einstein, Planck, Pasteur, e tantos outros, para mim é uma honra! Fico muito feliz!

Abraços, e boa semana,
Nádia

PS: Ah, sim! Sou Eng. Química, Mestre em Ciências, pela UFRJ.


---
Nota: Agradeço a Nádia por esse e-mail. Bem, nem eu mesmo sei explicar direito, mas ainda há uma pequena chama em mim de esperança para com esses debates; de que talvez alguma coisa possa mudar.

1 comentários:

Nádia disse...

Olá, Evandro! É isso que me me encanta nos jovens (e tb encantava Herbert de SOuza, o Betinho): a capacidade de lutar até o fim por seus ideais. Quem já passou dessa fase, e já viu tantas coisas nesta vida, já não tem tanta esperança. Mas é assim que se faz a vida: as experiência dos adultos, com a vivacidade dos jovens! Sucesso com as bênçãos de Deus!